54 graus no Irão: Pode ser a temperatura mais alta de sempre registada no planeta?

É uma onda de calor sem precedentes. Uma cidade do Sudoeste do Irão registou ontem as temperaturas mais altas desde que há registos. A temperatura chegou aos 54 graus e pode, mesmo, ser o novo recorde mundial.

A informação é avançada pelo Washington Post, mas foi divulgada por um meteorologista da agência MeteoFrance. A cidade de Ahavaz, capital de província de Juzestán, no Sudoeste do Irão, registou temperaturas extremas e chegou aos 53,7 graus, esta quinta-feira durante o período da tarde.

De acordo com Etienne Kapikian, este é um novo recorde absoluto da temperatura mais alta alguma vez registada no Irão, num mês de junho e pode, mesmo, ser o recorde da temperatura mais extrema registada no planeta.

O Weather Underground vai mais longe, e sustenta que a temperatura chegou aos 54 graus centígrados às 16:51, hora local. Mas a sensação real era, devido à falta de humidade, a de um calor ainda mais extremo e sufocante, de 61, 2 graus.

A ser verdade, diz o Washigton Post, estas são as temperaturas mais altas alguma vez registadas no planeta Terra, nos tempos modernos, a par de outros recordes como os 54 graus registados em Mitribah, no Kuwait, em 2016 ou quando o termómetro alcançou os 53,5 graus na cidade paquistanesa de Turbat, a 28 de maio, provavelmente a mais alta de sempre num mês de maio na Ásia e no mundo.

É certamente uma das temperaturas mais extremas de sempre, resta saber se o recorde vai ser atestado pela Organização Meteorológica Mundial.

 

 

 

 



Mais notícias