50% da água distribuída pelos municípios da Madeira foi desperdiçada

Até 2019, vão ser investidos 16 milhões de euros na recuperação da rede de água potável da Madeira e do Porto Santo.

Dos 54 milhões de metros cúbicos de água distribuídos em 2016, 50% corresponde a desperdícios. “Ou seja, água que poderia ter sido disponibilizada para o regadio”, afirmou, esta manhã, Susana Prada.

A secretária regional do Ambiente e Recursos Naturais  participou num debate, promovido pelo JPP, sobre água de rega, altura em que deu conta das perdas de água no abastecimento público, da responsabilidade das câmaras.

Susana Prada referiu ainda que os investimentos previstos pela Água e Resíduos da Madeira (ARM) ascendem aos 38 milhões de euros e incidem na  recuperação de canais e reservatórios e monitorização da rede.

Até 2019, o Governo Regional pretende investir 16 milhões de euros, nos municípios aderentes à ARM, para recuperação das redes de água potável.

Este investimento vai abranger os cinco municípios ( Machico, Ribeira Brava, Câmara de Lobos, Santana e Porto Santo) que fazem parte da Água e Resíduos da Madeira (ARM).

 



Mais notícias