254 candidatos para 20 vagas: Este é o curso mais procurado do país

O curso teve no ano de abertura 254 candidatos para 20 vagas. A percentagem de entrada foi de 7,9%, anunciou hoje a academia minhota.

Segundo a Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), 254 candidatos ao Ensino Superior colocaram Criminologia e Justiça Criminal na Universidade do Minho (UMinho) como primeira opção mas foram quase 900 a elencá-lo nas seis escolhas possíveis no boletim de acesso ao superior.

O curso conta atualmente com 25 alunos, sendo que 20 entraram pelo concurso normal e cinco por outros regimes de ingresso.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Universidade do Minho explica que aquela conclusão tem por base o “Índice de satisfação da procura” da DGES que contrapôs o número de vagas com o número dos alunos que colocaram essa formação como primeira opção para o ano letivo de 2016/2017.

Fernando Conde Monteiro, diretor do curso diz que a “grande procura” está relacionada com a “crescente importância social da área”.

“A sociedade precisa de pessoas especializadas no conhecimento da realidade psicológica, social e judicial do crime, pois são uma mais-valia na avaliação das questões do terrorismo, na investigação forense, nos processos de interrogatório aos arguidos, no estudo da vitimologia e no apoio à reinserção social”, justifica o responsável.

 

 

 

 

 



Mais notícias
PUB
PUB
PUB