19 de junho: A partir daqui nada será como antes entre UE e Reino Unido

Só depois de conhecidos os resultados das eleições antecipadas, marcadas para 8 de junho, é que os líderes se devem reunir para discutir o futuro das relações entre o Reino Unido e a União Europeia.

Stefan Wermuth/REUTERS

O início das negociações formais para se efetivar a saída do Reino Unido da União Europeia já tem data marcada para 19 de junho. O anúncio foi feito esta sexta-feira pelo negociador principal da Comissão Europeia, Michel Barnier, que irá nesse dia discutir com o secretário britânico com a pasta do Brexit as linhas-mestras daquela que é vista como a negociação mais importante da história recente do país.

Segundo avança o jornal britânico ‘The Guardian’, o encontro entre Michel Barnier e quem quer que seja eleito o encarregado britânico sobre esta matéria ocorre onze dias depois das eleições de 8 de junho, que a primeira-ministra Theresa May convocou para legitimar o seu mandato e acabar com os constantes bloqueios parlamentares aos decretos do Brexit.

Até as eleições antecipadas estarem resolvidas, Bruxelas decidiu cancelar todos os planos para conversas preliminares com o Reino Unido. Só depois de conhecidos os resultados das urnas é que os líderes se devem reunir para discutir o futuro das relações entre o Reino Unido e a União Europeia. O bloco europeu já expressou a vontade de que as negociações sejam divididas em ciclos de quatro semanas, cada um focado numa questão-chave.

Prevê-se que a saída do Reino Unido da União Europeia esteja concluída em março de 2019, altura em que se completam dois anos de negociações do Brexit.



Mais notícias