InícioVídeos
Vídeos

Um sem-brigo faz um relato angustiante do momento em que socorreu vítimas do ataque terrorista de Manchester. Stephen Jones dormia nas imediações da Manchester Arena, quando ouviu um estrondo enorme, que inicialmente pensava ser fogo-de-artifício. Em entrevista à ITV News, o sem-abrigo conta, num testemunho realista demais, o que viu e como ajudou crianças "cobertas de sangue, que choravam e gritavam".

Em entrevista à CNBC, Patrik Nilsson, presidente da divisão Ásia-Pacífico da Aston Martin, revela que os proprietários de um Valkyrie serão brindados com bancos personalizados. Os dados serão recolhidos por um scanner 3D.

Desde carregadores de telemóvel, boleias e até um quarto para descansar. Os habitantes de Manchester abriram as portas e foram solidários para aqueles que mais precisavam de ajuda. Um vídeo com depoimentos de pessoas que se encontravam perto do pânico.

O avanço da robótica e da inteligência artificial vai atirar 5 milhões de pessoas para o desemprego, até 2020. Mas há competências-chave para evitar que os robôs lhe tirem o emprego. Um recrutador revela quais as três competências do trabalhador do futuro e diz-lhe como entrar num mercado com 100% de empregabilidade, em que os salários podem chegar a quatro vezes a média nacional.

A mais recente proposta tecnológica da Otsaw Digital é o O-R3, um robot que pode ser utilizado para atividades de vigilância e promete ser uma solução para o envelhecido mercado de Singapura.

Silêncio. Foi assim que a equipa do Manchester United começou o treino de hoje. O treinador português José Mourinho e a equipa técnica prestaram homenagem às vítimas do atentado, que foi já reclamado pelo Estado Islâmico. O clube também já cancelou a conferência de imprensa de José Mourinho, de antevisão da final da Liga Europa.

Um pacote encontrado na zona da restauração do centro comercial gerou o pânico em Manchester, depois do desfecho trágico no concerto de Ariana Grande. O jornalista Rob Smith partilha a agitação nas ruas enquanto a polícia evacua área de possível risco.

O Daesh não reivindicou a explosão desta noite mas há "um forte indicador” da ligação do grupo ao acontecimento. De acordo com uma gravação divulgada na rede social encriptada, um dos homens encapuzados adianta que “isto é apenas o início”. “