InícioTecnologia (Página 2)
Tecnologia

Na sua intervenção na conferência da AMBA, Sebastião Lancastre defendeu que a Initial Coin Offering (ICO) será o futuro meio de captação de recursos. Isto é sobretudo verdade para as start-ups, empresas que não têm outras fontes de financiamento, já que não têm fácil acesso a crédito bancário, nem têm acesso ao mercado de emissões de ações em bolsa (IPO) ou mercado de emissões de dívida.

Celso Martinho foi um dos oradores da conferência sobre blockchain promovida pela Associação de Antigos Alunos de MBA da Universidade Nova de Lisboa, onde afirmou que muitas empresas consideram complicado responder se estão dispostas a utilizar esta “confiança descentralizada”.

“Os alvos desta ciberatividade maliciosa são, principalmente, os governos e organizações do setor privado, os fornecedores de infraestruturas cruciais e os fornecedores de serviços de Internet”, refere o comunicado conjunto do Centro Nacional de Segurança Cibernética britânico, do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos e do FBI.

Regulador da concorrência identificou, nos serviços de pagamentos, barreiras à inovação e à entrada associadas à regulação. Para contrariar a situação emitiu uma série de recomendações, incluindo que o Banco de Portugal fiscalize se os bancos estão a ser impeditivos.

O Sendys Explorer define-se como um “projeto startup” e está a ser implementado pela japonesa OKI nos cinco continentes.

"Para discutir a importância destes sistemas e do fenómeno digital na economia atual, a AMBA convidou como oradores Sebastião Lancastre (Fundador e Diretor-Geral da Easypay), João Moreira Rato (Consultor e antigo presidente da Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública), Celso Martinho (Fundador e Diretor-Geral da Bright Pixel), Inês Boski (Fundadora e Diretora-Geral da Webmill) e Naveed Nassar (Fundador e Diretor-Geral da Resurgo Finance)"

O relatório da agência de notação financeira considera que o impacto da tecnologia inovadora é misto e identificou duas áreas em que a blockchain deverá ter efeitos disruptivos: transações transfronteiriças e comissões e taxas.

Depois de receber um investimento de 4,8 milhões de dólares, uma startup austríaca quer melhorar a forma como se fabricam os discos de vinil.