InícioOpinião Secção
Opinião Secção

As marcas estão a tornar-se cada vez mais exigentes no que toca à utilização do vídeo para que este possa tornar-se uma fonte de valor acrescentado, tanto para os clientes como para as empresas.

Sendo certo que grandes mudanças ocorreram quanto aos processos futuros, ainda não é possível fazer refletir essas alterações na decisão dos processos pendentes.

Em sete meses, Sérgio Conceição melhorou o valor de plantel do FC Porto (mais 54,10 milhões de euros), ajudou a poupar 48,69 m (balanço positivo entre vendas e quase nenhumas compras) e a baixar a folha de salários mensal. Mais de 100 milhões de euros no total! Além disso comanda a Liga e está na Taça (tendo ganho ao Sporting, 1-0, na primeira mão). Dificilmente se poderia exigir mais e melhor

Quem aprecia os jogos políticos, partidários e pessoais só pode ter ficado desiludido com o discurso final de Rui Rio no Congresso. O novo presidente do PSD não perdeu tempo com as incidências do conclave, de Montenegro a Ilina, nem comentou o resultado das listas.

Os congressos dos partidos não são retiros nos quais se deva procurar tempo para refletir. Pensar, para quem quer e pode, é antes. Ali, vai-se, como aos restaurantes da moda, para ver e ser visto - e, com sorte, para sair de lá com a glória do nome nas listas.

“Se não está contente com o nosso lar, talvez devesse procurar uma alternativa onde se sinta melhor”, que não existe, porque o défice é tremendo e nós sabemos, eles sabem que nós sabemos e nós sabemos que eles sabem que nós sabemos.

Primeiro, o tributo ao passado recente. O elogio a Pedro Passos Coelho. Ouvindo-o falar assim, poucos devem ter sido os "companheiros" presentes na sala que se devem ter lembrado das várias críticas, explícitas e implícitas, ao ex-líder no passado recente.

As nossas empresas, para vingarem, devem concorrer no mercado global. E se quiserem superar o estigma dos baixos salários têm de apostar cada vez mais na inovação.