InícioMercados
Mercados

António Ramalho disse este sábado, no Algarve, que a banca em Portugal tem um "problema de reputação" que está a penalizar fortemente o sector, perante os reguladores e na capacidade de atrair capital.

O primeiro-ministro anunciou amortização de mais 1.700 milhões de euros de dívida ao FMI, e que isso deixará os partidos da oposição "ainda mais irritados",

O efeito inflacionário das principais políticas de Trump - migração, comércio e economia - deverá ser o tema do ano nos mercados financeiros.

S&P 500 ganhou 0,12% para os 2.349,95 pontos, impulsionado pela valorização da Kraft Heins, após o anúncio que a empresa ofereceu 143 mil milhões de dólares (cerca de 134.559 mil milhões de euros) à Unilever, o que permitiu contrariar as perdas do setor energético.

A Kraft tem até 17 de março para fazer uma oferta final. Se houver acordo, a Kraft vai ter um grande reforço nos EUA, com a Unilever na Europa e na Ásia.

PSI 20 encerrou em terreno positivo, numa sexta-feira em que os mercados europeus negociaram sem tendência definida.

O Dow Jones desliza 0,24% para os 20.569,54 pontos, o S&P 500 recua 0,17% para os 2.343,25 pontos e o Nasdaq cai 0,06% para os 5.812,26 pontos.

Mercados reagiram às declarações de presidente do BCE e interpretaram que o banco se poderá preparar para comprar mais bonds de países periféricos, causando uma descida das taxas de juro em Portugal, Espanha e Itália.