InícioMadeiraMadeira Opinião
Madeira Opinião

Estamos ainda a alguns meses de poder perceber qual será o real efeito destas medidas, mas, as primeiras ilações que se podem tirar, são de que o principal objetivo será o de desincentivar a contratação de trabalhadores independentes, tornando este sistema menos atrativo, em relação à relação laboral mais comum.

Não é compreensível que, só nas últimas semanas, cerca de 100 voos tenham sido cancelados e muitos mais atrasados em várias horas, deixando os madeirenses e visitantes por sua conta e risco.

A FIFA continua a ser uma super-lucrativa mafiosa multinacional, que organiza mundiais em países ditatoriais como a Rússia e o Qatar, governados por oligarquias rapinosas.

A liberalização da rota da Madeira falhou! E falhou pelo simples facto da rota da Madeira não ter dimensão para poder funcionar de forma liberalizada ao ponto das forças do mercado e da concorrência funcionarem.

O futebol tem vindo a assumir uma importância crescente nas sociedades modernas, não apenas no plano desportivo, como social e, sobretudo, económico. Em função disso, o futebol tornou-se demasiado apetecível e disputado por vários segmentos da sociedade, com diferentes motivações.

Os cortes que penalizam o país e a Região são inaceitáveis e contrariam os nossos interesses e necessidades de desenvolvimento económico e social, e só contribuirão para a desproporção de Portugal face a outros países da UE, e para o aumento de injustiças e desigualdades num país, e numa Região, cujo aparelho produtivo há muito que foi preterido pela dependência externa.

O exercício de reivindicação dos meus direitos, nunca pode ou nunca deveria colocar em causa os direitos dos restantes cidadãos. Dir-me-ão, tal acontece frequentemente. É normal. É a Lei. Pois, mude-se a Lei. Haja coragem política para isso.

À primeira vista, dir-se-ia que a primeira sessão dos “Estados Gerais “do PS-M foi um sucesso, mas só assim pode pensar ou isso afirmar quem se ficar pelas profusamente gordas das parangonas e não souber separar o trigo do joio nem saber que frutos há secos e pecos, por dentro, por mais que a casca reluza, e for enganado pelo muito palavreado que foi dito.

PUB
PUB
PUB