InícioImobiliário
Imobiliário

Nos primeiros três meses do ano, o Índice de Preços da Habitação aumentou 12,2%, face a igual período de 2017. Entre janeiro e março realizaram-se 40.716 transações de habitações.

Os municípios na periferia da cidade de Lisboa, vivem hoje uma nova dinâmica no setor da habitação, com o aumento da procura e do preço dos imóveis, verificando-se o retomar da construção.

As taxas Euribor mantiveram-se esta quinta-feira a três, seis e 12 meses e caíram a nove meses em relação a quarta-feira.

As taxas Euribor mantiveram-se hoje a três e seis meses, subiram a nove meses e desceram a 12 meses em relação a terça-feira.

Nos primeiros cinco meses do ano, registaram-se 82 operações, menos 27 que em igual período do ano passado. O maior número de operações verificou-se no Corredor Oeste de Lisboa com 22 transações.

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril de 2015, desceu hoje para -0,323%, menos 0,002 pontos e contra o atual mínimo de sempre, de -0,332%, registado pela primeira vez em 10 de abril de 2017.

Os salários no setor da construção aumentaram 2,3% para um nível superior à taxa de criação de emprego (1,8%) e ao nível de inflação dos preços no consumidor (0,4%).

Deputados do PS procuram obter consensos à esquerda (alojamento local) e à direita (Uber), para fecharem os dossiês antes da pausa estival de agosto.

PUB
PUB
PUB