InícioImobiliário
Imobiliário

António Costa apresentou esta segunda-feira novas medidas no âmbito do programa “Nova Geração de Políticas de Habitação”. Veja o que já se sabe dos planos do Governo em relação à habitação.

A redução está incluída no pacote legislativo da nova geração de políticas de Habitação, apresentado esta segunda-feira pelo primeiro-ministro e pretende aumentar a estabilidade no mercado imobiliário.

Desde 2011, ano em que entrou em vigor o programa de assistência financeira da troika, o valor médio das rendas já subiu 36%.

As primeiras habitações construídas e requalificadas ao abrigo do Programa Renda Acessível da Câmara Municipal de Lisboa, 131 fogos na Rua de São Lázaro (Martim Moniz), deverão estar prontas dentro de um ano e meio, avançou hoje o município.

"Nós queremos, até ao final da legislatura, ter outro panorama legal no que diz respeito à habitação, mas queremos já parar os despejos que estão em curso e dar estabilidade contratual a quem arrenda uma casa", anunciou Catarina Martins.

O Brasil, EUA, França, Reino Unido e Suíça, respetivamente, são os países onde esta procura "intensa"mais se manifesta. Destes, os EUA foram o mercado que registou um maior crescimento.

A DBRS Ratings Limited (DBRS) atribuiu ratings pela primeira vez à Unión de Créditos Imobiliários, EFC (UCI), credor hipotecário especializado em Espanha e Portugal.

No período em análise o investimento foi feito apenas em ativos imobiliários de países da UE, tendo 44,0% da carteira dos FII e FEII abertos sido aplicados em imóveis do setor dos serviços.