InícioEmpresasConstrução
Construção

O número de anúncios de concursos de obras públicas cresceu 21,8% em termos homólogos para 274 em agosto, com o valor total correspondente a ascender a 380,3 milhões de euros.

A AECOPS reconhece que a revisão do Código dos Contratos Públicos (CCP), que culminou com a publicação, no passado dia 31 de agosto, do Decreto-Lei n.º 111-B/2017," trouxe alguns aspetos positivos para a atividade das empresas e para o funcionamento do mercado”.

Contratos representam um volume de negócios de 323 milhões de euros e marcam o início de operações do grupo português no 28º mercado de quatro continentes.

Estima-se que cada cidadão europeu produza anualmente em média duas toneladas de resíduos de construção e demolição.

No primeiro semestre deste ano, a construtora registou uma redução de 10,7% no número médio de trabalhadores, ou seja, uma quebra de 1.260 funcionários, em média, face ao período homólogo.

Segundo o barómetro do sector elaborado pela AICCOPN, nos primeiros sete meses deste ano foram lançados concursos de obras públicas no valor de 1.728 milhões de euros, mais 99,7% que no período homólogo de 2016.

A publicação dos resultados da Mota Engil referentes ao primeiro semestre está agendada para o próximo dia 30 de agosto, antes da abertura do mercado.

Apesar do anúncio da perda de 84 milhões de euros registadas no segundo trimestre do ano, houve ainda espaço para as boas notícias. O CEO da empresa, Elon Musk, mantém as expectativas de recuperação da empresa em alta, impulsionado pelo número imparável de pedidos dos novo modelo da Tesla.

PUB
PUB
PUB