InícioEmpresasConstrução
Construção

Sector da construção está a crescer acima dos 2,6% previstos ara 2017 no início do ano. Federação Portuguesa da Indústria da Construção e Obras Públicas diz que é a variação mais positiva dos últimos 19 anos.

A AICE referiu as repercussões negativas no fundo-de-maneio das empresas do referido adicional ao imposto e o facto deste “sobretaxar bens que, para essas empresas, constituem a sua principal matéria-prima”.

O grupo de Braga projetou e concluiu a pedreiras de Gouvães em Vila Pouca de Aguiar, que também vai explorar. Segundo o Jornal Económico apurou, o contrato de exploração tem a duração de quatro anos.

A 'holding' de Mário Ferreira assegura que a rescisão do contrato resultou de uma "cuidada e apurada análise feita nos últimos dias a todo o processo da empreitada".

A construtora criticou a “ação violenta”. O caso acontece depois de as obras no local terem parado e de o empresário Mário Ferreira ter acusado a Soares da Costa de desviar verbas.

Na edição passada,a Semana da Reabilitação Urbana Porto contou com mais de 4.500 visitas ao Palácio da Bolsa, cerca de 20 conferências, tertúlias, workshops e exposições, mais de 120 oradores e de 60 entidades.

Segundo a CPCI, mais de um milhão de casas em Portugal necessitam de obras, incluindo-se aqui 200 mil edifícios que carecem de intervenções profundas.

Estas obras, no valor global de 1,7 milhões de euros, tiveram início em abril deste ano e têm um prazo de execução de 12 meses.