InícioEmpresasConstrução
Construção

O grupo britânico de construção e serviços Carillion anunciou “liquidação forçada com efeito imediato”. A firma emprega cerca de 43 mil trabalhadores e tem uma dívida líquida de aproximadamente 900 milhões de libras esterlinas.

Nacala Holdings, a nova dona, fala na “criação de um novo grupo global, com história e capacidade técnica que importa valorizar e potenciar”.

O segmento da construção de edifícios residenciais deverá crescer 7,0% esperando-se que venha a constituir o principal impulso para o crescimento.

Em termos acumulados, os concursos de empreitadas de obras públicas promovidos até novembro registam um crescimento homólogo de 78% e ascendem a 2.654 milhões de euros, revela o barómetro da AICCOPN.

Segundo uma análise da AECOPS - Associação das Empresas de Construção, Obras Públicas e Serviços, a faturação das construtoras portuguesas fora de Portugal caiu 14% em 2016, para um total de 4.498,5 milhões de euros.

Em 2016, a atividade internacional das empresas de construção portuguesas continuou centrada nos mercados de África, onde, apesar da quebra (-29%), conseguiram obter metade do volume de negócios (2,2 mil milhões de euros).

O novo projeto diz respeito à construção de um troço de cerca de 20 quilómetros, no valor de 118 milhões de euros.

Presidente da AICCOPN critica as declarações da presidente da CCDR Centro, que levantou dúvidas sobre a capacidade das empresas nacionais darem resposta ao esforço de reconstrução das casas afetadas pelos incêndios.