InícioEconómico Cabo Verde

"Temos que ter a consciência de que se não queremos voltar a ser PMA (Países Menos Avançados) teremos que crescer a dois dígitos. Não há outro caminho possível", afirma o economista e presidente da Câmara de Turismo de Cabo Verde, Gualberto do Rosário, que nesta entrevista faz uma avaliação “positiva” das medidas anunciadas pelo Governo para apoiar o sector privado, considera a opção do hub aéreo na ilha do Sal como uma solução “decisiva” para o futuro de Cabo Verde,  e explica por que defende a  “eurização" completa da economia cabo-verdiana.

O Banco de Cabo Verde (BCV) já aprovou a participação do IIBG Holdings B.S.C no Banco Internacional de Cabo Verde (antigo BES Cabo Verde), passando a sociedade do Reino do Bahrain a deter 90% do capital social do banco cabo-verdiano.

A Corporação Financeira Internacional (IFC, na sigla em inglês) concedeu uma linha de financiamento de cinco milhões de euros associados a serviços de consultoria ao BCN, para impulsionar o acesso ao crédito para pequenas e médias empresas (PME).

Dados divulgados esta quarta-feira, 23, pela Afrosondagem revelam que os cabo-verdianos avaliam negativamente o desempenho do Governo na área económica, tendo 84 % (por cento) dos inquiridos reprovado o desempenho na criação de empregos.

Os preços dos produtos importados diminuíram 0,9 por cento (%) em Abril do corrente ano, valor inferior em 1,3 pontos percentuais (p.p.) face ao registado no mês anterior, informou hoje o Instituto Nacional de Estatísticas (INE).

O ministro do Turismo, Transportes e Economia Marítima, José Gonçalves, anunciou as áreas de Turismo Sustentável e a Economia Azul como potenciais sectores para uma futura cooperação entre Cabo Verde e Seicheles.

Curta entrevista exclusiva (via e-mail) com o Primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, sobre a economia e a conjuntura do país. Oito perguntas e oito respostas sobre TACV, emprego, crescimento económico e a suposta descoordenação com o vice-primeiro ministro, Olavo Correia. Saiba mais.

PUB
PUB
últimas notícias

O Secretário de Estado para Inovação e Formação Profissional, Pedro Lopes, preside esta sexta-feira, 25, ao acto de assinatura do Acordo de Transferência de Poderes e Competências de Gestão das incubadoras da Rede Nacional de Incubadoras de Inovação- RENII, ao Sector Privado.

O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Siva, garantiu esta quinta-feira, na Cidade da Praia, que o processo de privatização da TACV-Cabo Verde Airlines “ficará concluído” até ao final do ano e com “vantagens enormes” para o país.

O Banco de Cabo Verde (BCV) já aprovou a participação do IIBG Holdings B.S.C no Banco Internacional de Cabo Verde (antigo BES Cabo Verde), passando a sociedade do Reino do Bahrain a deter 90% do capital social do banco cabo-verdiano.

"Temos que ter a consciência de que se não queremos voltar a ser PMA (Países Menos Avançados) teremos que crescer a dois dígitos. Não há outro caminho possível", afirma o economista e presidente da Câmara de Turismo de Cabo Verde, Gualberto do Rosário, que nesta entrevista faz uma avaliação “positiva” das medidas anunciadas pelo Governo para apoiar o sector privado, considera a opção do hub aéreo na ilha do Sal como uma solução “decisiva” para o futuro de Cabo Verde,  e explica por que defende a  “eurização" completa da economia cabo-verdiana.

A proposta de lei que concede ao Governo a autorização legislativa para rever o código das empresas comerciais e aprovar o código das sociedades comerciais foi hoje aprovada no Parlamento.

O Sitthur considerou hoje que as medidas adoptadas para a reestruturação da TACV têm deixado consequências “extremamente violentas e dolorosas” para os trabalhadores, aumento considerável no preço dos bilhetes, enquanto a população fica “desamparada” em caso de emergência.

A Corporação Financeira Internacional (IFC, na sigla em inglês) concedeu uma linha de financiamento de cinco milhões de euros associados a serviços de consultoria ao BCN, para impulsionar o acesso ao crédito para pequenas e médias empresas (PME).

Dados divulgados esta quarta-feira, 23, pela Afrosondagem revelam que os cabo-verdianos avaliam negativamente o desempenho do Governo na área económica, tendo 84 % (por cento) dos inquiridos reprovado o desempenho na criação de empregos.

O primeiro-ministro garantiu que se for o caso, será investigado o italiano empresário em São Vicente, indiciado no escândalo de contas secretas em offshore da Suíça, SuissLeaks, com mais de 2,5 milhões de documento.